Categoria: Esportes

Fale Conosco

Procurando uma contabilidade de confiança para a sua empresa?

Horta Comunitária

Alunos da escola Ministro Paulo Renato, localizada no Parque Montreal iniciaram há um mês o projeto Horta Comunitária, que tem o objetivo de integrar a…

Compartilhe já!

SEBRAE MÓVEL – MUDANÇA DE LOCAL!

O SEBRAE Móvel acabou de desembarcar em Franco, para realizar atendimentos a pessoas físicas e jurídicas que gostariam de informações sobre a abertura do…

Compartilhe já!

Circuito Photo Truck

A “Semana da Criança”, vai começar com o Circuito Photo Truck, que acontecerá na segunda (09) e na terça (10), das 09h às 17h30, no Parque Municipal…

Compartilhe já!
Carregando
  • Armas apreendidas no Ceará serão doadas para polícia



    Autorização foi concedida pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann. Armas apreendidas no Ceará serão doadas para a polícia André Alencar/TV Verdes Mares As armas apreendidas pelos órgãos de segurança pública do Ceará em operações contra o crime organizado serão utilizadas pela polícia. Normalmente as armas eram destruídas pelo Exército Brasileiro. De acordo com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a ordem de doação foi autorizada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann. "Estive ontem [quinta-feira, 22] com ministro da Defesa, Raul Jungmann. Ele me autorizou a lhe dizer [governador] aqui que procure o comandante da 10ª Região Militar. Que todas as armas que foram apreendidas no Estado do Ceará, ele disse que tem até um rifle agora top dos rifles, o senhor pode mandar o seu secretário de Segurança procurar um general ou comandante desta 10ª Região Militar que as armas possam ser transferidas para o Governo do Estado do Ceará" disse Eunício Oliveira. Exército destrói três mil armas apreendidas em operações no CE O governador Camilo Santana apoiou a decisão do ministro da Defesa afirmando que era um "absurdo" as armas apreendidas não serem reaproveitadas pela polícia. "Era um absurdo as armas apreendidas serem destruídas. Pois tem muitas armas que podem ser aproveitadas. Nós apreendemos toda semana, armas russas, armas do exterior, rifles, enfim, armas que poderiam ser utilizadas pela polícia. Mas, por uma decisão da Justiça, as armas não devem ser utilizadas. Eu acho uma decisão importantíssima." Força-tarefa em Fortaleza Eunício Oliveira anunciou a medida durante o evento "Ceará Veloz" ocorrido na manhã desta sexta-feira (23), no Palácio da Abolição, em Fortaleza. Valdir Almeida/G1 Ceará A doação das armas é uma forma de apoio às forças de segurança em meio a crise no Ceará. Uma força-tarefa composta por policiais federais e integrantes da Força Nacional de Segurança Pública chegou a Fortaleza na madrugada da última segunda-feira (19). O envio foi determinado pelo presidente Michel Temer após a polícia ter encontrado o corpo de um dos chefes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Integrado por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública, o grupo será chefiado pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Segundo o Ministério da Justiça, o objetivo é reforçar as operações conjuntas de inteligência "diante dos últimos acontecimentos", e "dar apoio técnico às forças de segurança estaduais nas ações de combate ao crime organizado".
  • Justiça do CE decretou prisão de membro de facção horas antes de ele ser morto em SP



    Membro do PCC conhecido como 'Cabelo Duro' foi assassinado a tiros na Zona Leste de São Paulo; Justiça do Ceará não informou o motivo do mandado.  Polícia de SP investiga execução de criminoso a tiros de fuzil O Tribunal de Justiça do Ceará havia decretado a prisão Wagner Ferreira da Silva, membro da facção criminosa PCC conhecido como Cabelo Duro, horas antes de ele ser assassinado em São Paulo. O homicídio ocorreu na noite desta quinta-feira (23) em frente a um hotel na Zona Leste da capital paulista. Um vídeo registrou o momento do crime. Outras duas mulheres que estavam no local se feriram com os tiros. Procurado pelo G1, o Tribunal de Justiça do Ceará confirmou a expedição do mandado, mas afirmou que não poderia dar detalhes porque o processo corre em segredo de Justiça. Wagner Ferreira da Silva foi morto em frente a hotel na Zona Leste de São Paulo TV Globo/Reprodução O Tribunal de Justiça também não confirma que o mandado tenha sido pela suspeita de que "Cabelo Duro" ser um dos participantes do assassinato de Gegê do Mangue e Paca. Os corpos dos dois foram encontrados em uma reserva indígena em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Eles tinham uma vida de luxo na cidade e foram assassinados supostamente por roubar dinheiro da facção. Integrante de facção é morto em ataque a tiros em SP Chefe de facção morto no Ceará tinha vida de luxo Os atiradores que mataram Cabelo Duro utilizaram armas que seriam fuzis e metralhadoras, segundo policiais ouvidos pelo G1. Eles se aproximam atirando em direção a pessoas que descem de um carro escuro que estaciona na entrada do saguão do Hotel Blue Tree Towers, na Rua Eleonora Cintra, no Jardim Anália Franco. Uma câmera de segurança registrou o momento do crime. Morte de Gegê Bilhete encontrado na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau indica que Gegê do Mangue e Paca (nas fotos) foram mortos porque desviaram dinheiro da facção Reprodução/Divulgação Um bilhete encontrado na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, interior paulista, informa que Gegê e Paca foram mortos por ordem de Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho, que pertence à facção e está nas ruas. O motivo da eliminação de Gegê e Paca, segundo o papel, é que os dois estavam desviando dinheiro do PCC. “Amigos aqui é o resumo do Pe quadrado [Penitenciária] e mais uns irmãos. Ontem foram chamados em uma ideias, aonde nosso ir [irmão] cabelo duro deixou nois [sic] ciente que o fuminho mandou matar os (...) o GG e o Paka. Inclusive o ir cabelo duro e mais alguns irs [irmãos] são prova que os irs [Gegê e Paca] estavam roubando”, informa o bilhete escrito a caneta num pedaço de papel.
  • Justiça revoga prisão de funcionários acusados de cobrar para garantir cirurgias em hospital público do AP



    Técnicos de enfermagem teriam pedido inicialmente R$ 1,2 mil a paciente do Hospital de Emergência de Macapá. Eles vão responder pelo crime e seguirão afastado das funções. Em conversa, paciente diz que vai pagar pelo procedimento WhatsApp/Reprodução Após audiência de custódia no fim da manhã desta sexta-feira (23), a Justiça revogou a prisão em flagrante dos funcionários do Hospital de Emergência (HE) de Macapá acusados de cobrar dinheiro e sexo para facilitar a marcação de cirurgias ortopédicas. Os dois, que são técnicos de enfermagem, vão responder pelo crime em liberdade, mas seguem afastados das funções. A decisão da audiência foi assinada pelo juiz Rogério Funfas e determinou medidas restritivas aos dois, como comparecimento mensal à Justiça, proibição de deixar a capital por mais de três dias e recolhimento. O magistrado alegou que ambos não tem antecedentes criminais e entendeu que a soltura não representa risco ao processo. "Ademais, não há outro elemento nos autos que demonstrem que a liberdade dos agente possa ser prejudicial à ordem pública ou aplicação da lei penal. [...] a medida cautelar de suspensão do exercício da função pública, entre outras, revela-se, em tese, adequada às circunstâncias do fato, bem como necessária para evitar a prática de nova ação penal", assinou o juiz na decisão. Irregularidades Segundo a Polícia Civil, o técnico do HE tinha a ajuda da colega. Ele pediu à paciente R$ 1,2 mil pelo agendamento, para garantir o nome na lista. Diante da negação, o técnico insistiu, baixando o valor para R$ 800 e o restante, R$ 400, ela poderia quitar mantendo relação sexual com ele. A usuária, que estava internada desde o dia 4 de fevereiro na unidade de saúde, denunciou o caso à direção do hospital, que acompanhou a vítima até a 6ª Delegacia da Polícia Civil. Ela apresentou gravações telefônicas e conversas mantidas pelo WhatsApp. De acordo com o delegado Leonardo Brito, os dois funcionários devem responder pelo crime de “concussão”, que é receber vantagem indevida, em razão de função pública, e podem pegar até 8 anos de prisão. O delegado informou que contra o técnico de enfermagem existem várias suspeitas, mas as vítimas não apresentavam provas. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.
  • Ocupantes irregulares de apartamentos no conjunto Macapaba 2 fecham BR-210



    Ato ocorreu após pedido de saída das unidades. Via ficou interditada por cerca de três horas e meia. Moradores irregulares fecharam a BR-210, na Zona Norte, em protesto Jorge Abreu/G1 Ocupantes irregulares do conjunto habitacional Macapaba 2 fecharam um trecho da Rodovia BR-210, na Zona Norte de Macapá, o que interditou o trânsito por cerca de 3 horas. O protesto realizado nesta sexta-feira (23) foi motivado após 208 unidades terem sido notificadas pela Caixa Econômica Federal esse tipo de infração. Conforme a decisão da agência financeira, os moradores irregulares receberam 5 dias para desocuparem as unidades habitacionais. Com cartazes, o grupo de manifestantes pedia moradia. A BR-210 foi liberada por volta de 12h. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve presente no ato, que foi pacífico, e organizou o trânsito que ficou lento até o horário de pico. A Polícia Militar (PM) também compareceu e prestou apoio à ocorrência. PRF e Polícia Militar acompanham o protesto na Zona Norte de Macapá Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.
  • Vereadores de Uberaba aprovam alteração em Projeto de Lei que mexe em carreiras na Guarda Municipal



    Mudanças passaram pela Câmara durante reunião ordinária nesta quinta (22); abertura de concurso público também foi aprovada. diretora de Recursos Humanos da Prefeitura, Sandra Barra, esclareceu dúvidas sobre o projeto Câmara de Vereadores/Divulgação A Câmara de Vereadores de Uberaba aprovou durante reunião ordinária nesta quinta-feira (22) a alteração no Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 499/2015, que dispõe sobre o plano de carreiras, cargos e salários dos grupos de atividades dos servidores da Prefeitura, entre eles a Guarda Municipal. A abertura de concurso público para o cargo também foi aprovada. Sobre o planto de carreiras, o Executivo encaminhou o projeto para votação em dezembro de 2017, alegando que é preciso haver uma adequação na vida funcional dos servidores. No mesmo texto, a Prefeitura afirmou que houve aumento da demanda dos serviços da Guarda Municipal e pediu que a alteração no projeto fosse votada urgentemente. Para esclarecer dúvidas relacionadas aos projetos, participaram da reunião o secretário municipal de Administração, Rodrigo Vieira e a diretora de Recursos Humanos da Prefeitura, Sandra Barra. O PLC cria o cargo de Guarda Municipal II, com carga horária de 40 horas semanais, escolaridade acima do ensino médio e exigência de Carteira Nacional de Habilitação nas categorias A e B. O salário inicial será de R$ 1.729,00. Barra informou que o projeto oferece 216 vagas, mas que, inicialmente, a Prefeitura abrirá concurso público para 100 novos guardas. Quanto aos 84 funcionários ativos, a diretora ressaltou que eles poderão migrar para o novo cargo assim que preencherem os requisitos exigidos. Ainda de acordo com Sandra, o prefeito, Paulo Piau, fará um Decreto Municipal regulamentando a migração. A gestora do RH assegurou que os profissionais que optarem pela migração não perderão os benefícios conquistados ao longo da carreira.

Capricho Flores

Capricho Flores, Floricultura e Presentes. Arranjos Florais, Cesta de Café da Manhã, Canecas Personalizadas, Buquês de Noiva, Flores para todas as ocasiões, Pelúcias Importadas…

Compartilhe já!
Saiba mais...

LM

LM Assistência Técnica Especializada. Celulares, Tablet, Notebook, Orçamento na hora…

Compartilhe já!
Saiba mais...
Carregando
  • Empresas
  • Notícias
  • Educação
Desculpe, Sem posts encontrados

Chamamento Cutural

Estão abertas as inscrições para o credenciamento de "oficineiros" para o desenvolvimento de oficinas culturais nas diversas linguagens e práticas.

Educação

Quem passa pela Estrada do Governo, próximo ao novo parque, já pode ver o prédio da Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC), que está em...

[popmake-1235]

Free Divi WordPress Theme, Find new Free Android Games at dlandroid24.com